TER OU SER? EIS A QUESTÃO.
26/09/2012 13:07:42

Lendo e ouvindo os noticiários uma palavra vem sendo repetida: inflação. Quando todos achavam que a inflação estava aposentada ou definitivamente enterrada ela abre os olhos e bafeja ventos ruins, tempos difíceis. Como fugir da inflação? Gastando menos do que ganhamos.
Infelizmente nos acostumamos a consumir de todas as maneiras possíveis e imagináveis. Queremos o que vemos e o que não temos e nem sempre estas coisas são as que realmente necessitamos.
Rick Warren diz: O dinheiro em si não é nem bom nem mau. O que a Bíblia ensina é que: “O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males” (I Timóteo 6.10). A Bíblia nos ensina que devemos usar coisas e amar pessoas. Inverter esse princípio gera problemas: amar coisas leva a usar pessoas. Deus nos diz que pessoas são mais importantes do que bens.
Muitos acham que o dinheiro é chave da felicidade e obviamente isso não é verdade. Se dinheiro garantisse felicidade, os que mais o possuem seriam os mais felizes. Entretanto, todos os dias vemos e ouvimos reportagens que anulam essa idéia. Jesus disse que a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens” (Lucas 12.15).
Então, quanto dinheiro podemos juntar sem nos sentirmos culpados? Deus diz que podemos ter tanto quanto quisermos, contanto que observemos algumas limitações importantes ao nosso desejo de acumular:
. Que não sacrifique a saúde.
. Que não sacrifique a família.
. Que não sacrifique pessoas.
. Que demos atenção ao ganho espiritual.
Guarde este importante conselho bíblico: “É melhor obter sabedoria do que ouro! É melhor obter entendimento do que prata!” (Provérbios 16.16).

Oração: Senhor meu Deus, em nome de Jesus eu peço que me ajude a vencer a tentação do consumismo e a observar tudo o que a sua Palavra me orienta. Que eu procure ser mais do que ter e que a minha vida influencie outros a viver como o Senhor deseja.
Obrigado (a) por seu amor e sua provisão em todas as circunstâncias.
Amém.
Priscila R. Aguiar Laranjeira